Suspeito de participar de morte de PM é encontrado morto em Camaçari - Camaçari Aquitem - O seu portal de notícias de Camaçari

Suspeito de participar de morte de PM é encontrado morto em Camaçari

Anuncie aqui 71 993179391

Um dos suspeitos de participar da perseguição, que acabou na morte do policial militar Antônio Jorge Nascimento38 anos, foi encontrado morto na manhã deste sábado (16), próximo ao carro usado na ação, na Estrada da Cetrel.
Segundo informações da Secretaria da Segurança Pública (SSP), o Corsa havia sido roubado na terça-feira (12) em Dias D'Ávila, também da Região Metropolitana de Salvador. Ainda de acordo com a SSP, a dona do veículo reconheceu o suspeito morto como um dos autores do roubo.
Os outros dois suspeitos que participaram da perseguição ainda são procurados pela polícia.
"As guarnições que deram socorro ao militar, que não estava de serviço, encontraram a arma dele descarregada, demonstrando que houve um confronto", contou o comandante do Policiamento na Região Integrada de Segurança Pública (Risp) Região Metropolitana de Salvador, coronel Luziel Andrade.
O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e a 18ª Delegacia (Camaçari). De acordo com a Polícia Militar, em 2017, 16 policiais militares foram mortos.
 
No entanto, de acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), ele não estava de serviço. A polícia está buscando imagens de câmeras de monitoramento no local do crime. Assalto
Segundo informações da Polícia Militar, o crime aconteceu na Rotatória da Cetrel, após ele ter sido chamado para atender uma ocorrência de assalto a um posto de gasolina.
Segundo a PM, o soldado foi acionado por um funcionário do posto de gasolina que havia sido assaltado por suspeitos que estavam em um carro com restrição de roubo. Ao perceberem que estavam sendo perseguidos, os suspeitos começaram a disparar contra o veículo do policial e houve uma troca de tiros.
O policial acabou atingido e chegou a ser socorrido para o Hospital Geral de Camaçari, mas não resistiu aos ferimentos. Antônio Jorge era lotado no 12º Batalhão (Camaçari) e há sete anos integrava o efetivo da corporação. Ele deixa esposa e um filho. Não há informações ainda, como local e horário, do enterro do PM.
Correio24horas*
Tecnologia do Blogger.