Coletivo extrapola meta em 'vaquinha' para apagar tatuagem da testa de adolescente - Camaçari Aquitem - O seu portal de notícias de Camaçari

Coletivo extrapola meta em 'vaquinha' para apagar tatuagem da testa de adolescente

Jovem tem testa tatuada após ser acusado de roubo em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo
O adolescente que teve a testa tatuada na noite da sexta-feira (9) em São Bernardo do Campo foi encontrado pela família.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública afirmou que o jovem foi levado para ser ouvido na delegacia e que a investigação segue em andamento.
O pedreiro Ronildo Moreira de Araújo, 29, e o tatuador Maycon Wesley Carvalho dos Reis, 27, foram presos por tortura na noite de sexta feira (10) na Rua Jurubatuba, após gravarem um vídeo tatuando a frase "Eu sou ladrão e vacilão" na testa do adolescente, que tem 17 anos.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, os dois homens cometeram o crime depois que o "adolescente tentou roubar uma bicicleta" - informação não confirmada pela polícia. A Justiça decretou a prisão preventiva de ambos.
O caso gerou comoção nas redes sociais. O coletivo Afroguerrilha criou uma campanha na internet para arrecadar fundos para a remoção da tatuagem e para a sua recuperação - segundo relato da família, o jovem é usuário de drogas.

Na tarde deste domingo (11), a meta de arrecadação (R$ 15 mil) já havia sido batida
Tecnologia do Blogger.