Suspeito de matar passageiro depois de assalto a ônibus na Paralela é preso - Camaçari Aquitem - O seu portal de notícias de Camaçari e RMS

Header Ads

Suspeito de matar passageiro depois de assalto a ônibus na Paralela é preso

O suspeito de matar Enéas Santos Santana, 21 anos, após um assalto a ônibus na Avenida Paralela no sábado, foi preso nesta quarta-feira (23) no Aquidabã. Antônio Carlos da Silva, conhecido como Negão, foi detido em operação conjunta da Gêmeos, da Polícia Militar, e do Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos (Gerrc). 
Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), foi Antônio Carlos quem deu os golpes na vítima. A polícia descobriu que essa não foi a primeira vez que o suspeito tentou matar alguém a facadas. Em janeiro deste ano, ele foi demitido do açougue Mil Carnes após esfaquear um colega de trabalho.
O crime aconteceu na manhã de sábado, em um ônibus que fazia a linha Mussurunga x Barra. Dois homens entraram no coletivo e anunciaram o assalto. Eles desceram nas imediações do Shopping Paralela, no sentido Aeroporto-Iguatemi. O passageiro Enéas  correu atrás de um dos bandidos, subiu a passarela e os dois iniciaram uma luta até que o jovem foi esfaqueado diversas vezes e morreu no local. 
A família de Eneas contou que ele era zelador de um prédio do Itaigara. O jovem tentou trocar o serviço no sábado por causa dos estudos, mas não conseguiu fazer a troca e, por isso, estava indo trabalhar.
A mãe dele, Ana Messias, disse em entrevista à TV Bahia que sempre alertava o filho para entregar tudo o que tivesse, em caso de assalto. “É sua vida, depois a gente junta e compra tudo de novo. Mas ele não me ouviu, meu Deus... E hoje de manhã parece que eu estava sentindo. Pedi tanto a Deus que protegesse ele”, lamentou.
Tecnologia do Blogger.