Garoto desaparece após sair para cobrar dívida; “Está doendo muito”, diz mãe - Camaçari Aquitem - O seu portal de notícias de Camaçari e RMS

Header Ads

Garoto desaparece após sair para cobrar dívida; “Está doendo muito”, diz mãe

O adolescente Everton Santos da Silva, de 15 anos, desapareceu por volta do meio-dia do último sábado (29/4), em Simões Filho, região metropolitana de Salvador (RMS), e, desde então, os familiares lutam para saber do paradeiro dele. Há quatro dias, a família vive uma espera angustiante.
A mãe do garoto, a vendedora Edvânia da Silva Salvador, 34 anos, conta que a última vez que viu o adolescente foi quando pediu para Everton ir cobrar um dinheiro de produtos de cama, mesa e banho que ela havia vendido para uma amiga. “Eu mandei ele cobrar um dinheiro na mão de minha amiga”, contou.
Ao perceber o desaparecimento do adolescente, Edvânia disse que foi até a casa da amiga e perguntou sobre o filho. “Ela me confirmou que ele esteve lá, mas não deu dinheiro nenhum ao meu filho, porque ela não tinha“, acrescentou. Antes de desaparecer, o adolescente foi visto pegando carona na moto de um suposto amigo. Ele estava com uma camisa verde da marca Lacoste e uma bermuda azul da Nike. “Algumas pessoas me disseram que ele foi visto subindo em uma moto, pegando carona com um amigo”, revelou Edvânia.
A mãe do adolescente está em estado de choque. Edvânia tem dois filhos, Everton é o mais velho. Eles moram no Conjunto Habitacional B13, no Bairro Vida Nova. “Está doendo muito em mim. Estou muito triste, sentindo muita dor no peito. É um filho muito amado, dei muito amor, muito carinho, não tem porque ter acontecido isso — então, eu quero saber onde ele está e qual motivo pelo qual sumiu. Eu não estou mais suportando a dor”, lamenta.
Edvânia ainda contou que ele não tinha problemas com a família, nem com a namorada, que também está muito preocupada. As pessoas que puderem ajudar com informações sobre Everton podem entrar em contato com a Polícia Civil através do número 3396-8646, ou com a Polícia Militar no 190. A família também disponibilizou um numero para contato: (71) 9225-8915. “Está todo mundo aflito sem saber o que pode ter acontecido. Até agora não temos nenhuma pista”, finalizou.
A mãe de Everton fez um registro sobre o desaparecimento na 22° Delegacia Territorial (DT/Simões Filho). Fonte: Simões Filho Online*
Tecnologia do Blogger.