Escola Municipal cobra R$ 2 para alunos realizarem provas em Simões Filho - Camaçari Aquitem - O seu portal de notícias de Camaçari e RMS

Header Ads

Escola Municipal cobra R$ 2 para alunos realizarem provas em Simões Filho


A Escola Municipal Padre Emilie Felix Wagner, no Bairro Cova da Gia, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), está cobrando R$ 2 dos alunos para fazerem as provas. A denuncia foi feita pelo pai de uma aluna da unidade de ensino.
Erinaldo dos Santos Batista, 36 anos, pai de aluno, afirmou que a filha de apenas 7 anos chegou em casa com um bilhete. De acordo com o comunicado da escola, a cobrança da taxa seria para cobrir o custo das cópias das provas.
Ainda segundo Erinaldo, a escola justifica a cobrança alegando falta de material na unidade de ensino. “Esse ano que está acontecendo isso. Alem disso, a escola não tem merenda e falta professor. É vergonhoso isso. Como pode uma escola pública cobrar prova? Podemos dizer que está cobrando provas dos alunos. É obrigação deles imprimir a prova. É uma vergonha”, desabafou.
A reportagem do Simões Filho Online entrou em contato com a Prefeitura de Simões Filho por telefone e obteve um posicionamento por meio da assessoria de comunicação. De acordo com o órgão, nenhuma gestor tem orientação para pedir verba aos pais dos alunos. A administração municipal, através da Secretaria de Educação, disse que vai investigar o caso, mas não informou quais medidas serão adotadas.
A reportagem não conseguiu contato com a Escola Municipal Padre Emilie Felix Wagner para falar sobre a contribuição de R$ 2. 
Tecnologia do Blogger.