Vitória vence o Bahia por 2 a 1 e mantém invencibilidade no Baianão - Camaçari Aquitem | O seu portal de notícias de Camaçari

Vitória vence o Bahia por 2 a 1 e mantém invencibilidade no Baianão


No primeiro clássico disputado na Arena Fonte Nova em 2017, Bahia e Vitória se enfrentaram já classificados para as semifinais do Campeonato Baiano neste domingo (9). O confronto foi truncado, com muita catimba e confusões entre os atletas. Com gols no fim do primeiro tempo, o rubro-negro bateu o arquirrival tricolor por 2 a 1. Cleiton Xavier e Kanu marcaram para o Vitória e Alan Costa (contra) faz para o Bahia.



No primeiro tempo, as duas equipes travaram uma verdadeira batalha pela disputa de bola. O Bahia pressionou o Vitória, que tinha que apostar no chutão para sair jogando. No entanto, a pressão não surtiu muito efeito no fim do primeiro tempo. Após grande jogada de Gabriel Xavier na lateral esquerda, o meia cruzou para a área mas a zaga afastou. Na sobra, Patric cruzou para área e Cleiton Xavier completou para abrir o placar. Atordoado, o Esquadrão logo viu o Leão ampliar o Kanu, em cobrança de escanteio. O zagueiro rubro-negro subiu mais que a zaga para fazer o segundo da partida.

Na volta para o segundo tempo, o time tricolor acabou perdendo o zagueiro Tiago, expulso após dar uma cotovelada no atacante André Lima logo no primeiro minuto da etapa final. Aos 13 minutos, o gol tricolor veio dos pés do zagueiro do Vitória Alan Costa, que acabou mandando contra a própria meta após cruzamento de Eduardo. O gol acabou dando ânimo ao torcedor tricolor, que passou a empurrar o time para tentar o empate. No entanto, quem teve as melhores chances foi o Vitória, que aproveitou a vantagem numérica. Paulinho, que entrou no lugar de Cleiton Xavier, perdeu a chance de fazer o terceiro após bate e rebate da zaga tricolor.

O técnico Argel Fucks investiu na entrada de Jhemerson, joia da base rubro-negra, enquanto Guto tentava recompor o time do Bahia com Zé Rafael. As melhores chances dos donos da casa vinham pela direita, com o lateral Eduardo, que insistia nos cruzamentos para tentar empatar o clássico. Nos acréscimos, Juninho teve a chance de empatar a partida em cobrança de falta próxima da área rubro-negra, mas Fernando Miguel defendeu bem e impediu o empate.

Com o resultado, o Vitória chegou a 30 pontos e seguiu invicto na competição. Na semifinal, o Vitória pega o Vitória da Conquista, fora de casa, no estádio Lomanto Júnior, no próximo domingo (16), às 16h. Antes o Leão da Barra pega o Paraná pela Copa do Brasil, na quinta-feira (13), no Barradão, às 19h15. Já o Bahia tem pela frente o Fluminense de Feira de Santana no mesmo dia, no estádio Joia da Princesa, às 18h30.
Tecnologia do Blogger.