Útero artificial poderá revolucionar cuidado de bebés prematuros - Camaçari Aquitem - O seu portal de notícias de Camaçari e RMS

Header Ads

Útero artificial poderá revolucionar cuidado de bebés prematuros

Resultado de imagem para Útero artificial poderá revolucionar cuidado de bebés prematurosCientistas americanos desenvolveram um útero artificial que, no futuro, deve ser usado para desenvolver bebês prematuros. Até agora, o útero artificial só foi testado em cordeiros, mas já dá muita esperança para aumentar as chances de sobrevivência de bebês que nascem muito antes da hora.
Para se ter uma ideia, só metade dos bebês que nascem com menos de 24 semanas sobrevive. O que os pesquisadores do Hospital Infantil da Filadélfia fizeram foi tratar os bebês de ovelha como fetos, não como recém-nascidos. Em vez de deixar os cordeirinhos em incubadoras, eles desenvolveram um equipamento incrível: os animais prematuros foram colocados em um saco especial, com líquido amniótico desenvolvido em laboratório, que serve para alimentar o bebê.

Eles respiraram pelo cordão umbilical, como se estivessem no útero da mãe, com a ajuda de um oxigenador, que fez o papel da placenta. O curioso é que, como não existia nada parecido, os pesquisadores fizeram um equipamento “Frankenstein”, com peças compradas até em lojas de material de construção.

A ideia deu certo. Os cordeiros prematuros conseguiram ficar mais quatro semanas nesse ambiente e se desenvolveram normalmente. O objetivo é no futuro ajudar bebês que nasçam em um período crítico, entre 23 e 25 semanas, cerca de seis meses. Só nos Estados Unidos, nascem por ano cerca de 30 mil bebês prematuros.
Os cientistas estão animados, dizem que as pesquisas clínicas podem começar daqui a dois anos, mas com bebês humanos, o equipamento teria um visual diferente. Seria uma incubadora com tampa, preenchida com o líquido amniótico. Uma solução incrível que um dia pode ajudar milhões de crianças que ainda não estão prontas para nascer.
Tecnologia do Blogger.