Samsung Galaxy S8 chega ao Brasil mais caro que iPhone; saiba tudo - Camaçari Aquitem - O seu portal de notícias de Camaçari e RMS

Header Ads

Samsung Galaxy S8 chega ao Brasil mais caro que iPhone; saiba tudo

Galaxy S8 tem tela gigante de 5,8 polegadas sem bordas (Foto: Thássius Veloso/TechTudo)
O Galaxy S8 e o Galaxy S8 Plus, os smartphones top de linha na safra 2017, foram anunciados hoje para o mercado brasileiro. Quem quiser comprar os celulares da Samsung deverá pagar o preço sugerido de R$ 3.999 pelo Galaxy S8, com tela de 5,8 polegadas, ou R$ 4.399 pelo S8+, com display de 6,2 polegadas. O produto chega às lojas em 12 de maio.
A única diferença entre os telefones é o tamanho da tela. Pela primeira vez na história da linha S, a fabricante sul-coreana colocou display com bordas curvadas em todos os modelos – portanto, nada de um “S8 Edge” no momento. O S8 tem montagem local, nas fábricas da Samsung no interior de São Paulo e em Manaus.
Será vendido no Brasil exclusivamente o modelo com armazenamento de 64 GB e possibilidade expansão com cartão de memória microSD. Apesar de ter cinco opções de cor, apenas três vão chegar ao país: preto, prata e ametista (uma espécie de roxo).
O comprador do Galaxy S8 pode esperar alto desempenho, devido a um conjunto de hardware que inclui processador Exynos (marca própria) e memória RAM de 4 GB. Ele chega para concorrer com o LG G6, produto da também sul-coreana LG que aposta na mesma tela "infinita" com proporção de 18:9. Em outras palavras, os telefones ficaram mais altos e ao mesmo tempo, menos largos. O lançamento brasileiro do G6 será na semana que vem, em 25 de abril.
Mais caro que o iPhone
Parte dos consumidores também deve comparar o S8 com o iPhone. Apesar de ter sido lançado em setembro do ano passado, o iPhone 7 faz parte da linha atual da Apple. Ele custa menos do que S8: o iPhone 7 em tamanho regular, com tela de 4,7 polegadas, custa a partir de R$ 3.499, enquanto o iPhone 7 Plus, com display de 5,5 polegadas, tem preço oficial começando em R$ 4.099.
O Galaxy anunciado nesta noite tem câmera principal de 12 megapixels, com abertura de f/1.7. Ela é essencialmente a mesma do Galaxy S7, do ano passado, o que levou a críticas de fãs da marca que esperavam mais inovação na captura de imagens do telefone. Por sua vez, a câmera frontal passou por um avanço, e agora faz fotos em 8 megapixels, em vez dos 5 da geração de 2016.
Outras funções já tradicionais dos top de linha da Samsung marcam presença: carregamento rápido, além de ser wireless; NFC compatível com a carteira digital Samsung Pay; biometria com leitor de impressões digitais. Entre as novidades estão o desbloqueio por íris e também por reconhecimento facial – este último causou constrangimentos nas últimas semanas, pois a empresa reconheceu que ele não é “recomendado” para garantir a segurança do próprio telefone.
O botão Home deixou de ser físico, assim como os botões de aplicativos recentes e de retornar. O diretor de produto André Varga explicou, durante o evento, que os engenheiros optaram por botões virtuais – na parte de baixo da tela – “para aumentar a superfície do display”.
Durante o anúncio global do smartphone, em março, num evento em Nova York, os executivos falaram de um novo aplicativo batizado de Bixby. Ele traz as informações mais importantes para o dono do dispositivo, como os compromissos do dia e lembretes.
Um dos pontos mais importantes seria a Bixby Voice, uma assistente virtual para rivalizar com a Siri, do iPhone. Há menos de uma semana, porém, a Samsung informou que a Bixby Voice não está disponível no lançamento do Galaxy S8, mas chegará ao telefone como uma atualização em junho. Quando for liberada, a nova função não deverá compreender o português do Brasil; por enquanto está confirmada somente a compatibilidade com o inglês e o coreano.
O Galaxy S8 chega ao mercado com Android 7.0 Nougat, versão mais recente do sistema do Google. Ele foi apresentado em meados de 2016, mas só agora começa a aparecer nas novas gerações de celulares. Entre as novidades estão a nova central de notificações e a economia de energia.
Como de costume, a Samsung emprega uma interface visual própria, batizada de TouchWiz. O software já foi bastante criticado no passado, por ser pesado demais em comparação com o usado por outros fabricantes. Ao longo do tempo, os sul-coreanos têm reduzido o impacto do TouchWiz na performance do sistema. A diretora de marketing Loredana Sarcinella anunciou que os 20 mil consumidores que comprarem primeiro o S8 e S8 Plus vão ganhar os óculos de realidade virtual Gear VR.
Resumo da ópera
• Preço do Galaxy S8 (5,8 polegadas): R$ 3.999.
• Preço do Galaxy S8 Plus (6,2 polegadas): R$ 4.399.
• Data de chegada às lojas: 12 de maio de 2017.
• Cores: preto, prata e ametista (uma espécie de roxo).
Tecnologia do Blogger.