Pedreiro é condenado por estupro no lugar do irmão e fica um ano preso - Camaçari Aquitem - O seu portal de notícias de Camaçari e RMS

Header Ads

Pedreiro é condenado por estupro no lugar do irmão e fica um ano preso


Após ser apontado pela vítima como o autor de um estupro em Ponta Grossa, no Paraná, o pedreiro Johny Marcos Carvalho Lopes foi preso e ficou um ano detido. Na verdade, quem cometeu o crime foi o irmão dele. A defesa de Lopes vai entrar com um pedido de indenização contra o Estado.

De acordo com a juíza Letícia Lustosa, mesmo as investigações apontando que o homem não esteve no local do crime, o depoimento da vítima foi o principal argumento para a condenação. Segundo ela, a sentença condenatória foi expedida com base nas provas que estavam nos autos, que, à época, não incluía o nome do verdadeiro culpado.

O crime aconteceu após uma festa na Igreja Nossa Senhora do Pilar, a quilômetros de distância da casa da sogra de Lopes, onde ele, de fato estava. Após revisão do caso, o irmão de Lopes e a vítima do estupro fizeram novos depoimentos e houve o reconhecimento do erro. O pedreiro foi solto no último dia 31 de março.
Tecnologia do Blogger.