Lavanderia promete imunizar tecidos contra a ação do mosquito Aedes aegypti - Camaçari Aquitem - O seu portal de notícias de Camaçari

Lavanderia promete imunizar tecidos contra a ação do mosquito Aedes aegypti


Uma lavanderia que, além de deixar as roupas limpas, imuniza os tecidos contra a ação do mosquito Aedes aegypti, transmissor de dengue, zika e chikungunya. É o que promete a Picada Zero, recém-inaugurada no Downtown, shopping na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Para garantir a eficácia de repelência, uma quantidade da substância líquida permetrina (composto usado em inseticidas e repelentes) é liberada nas roupas ainda dentro da máquina de lavar.

— O produto age num raio de até 40 centímetros, o que faz com que zonas da pele expostas, como como mãos, braços e rosto também permaneçam protegidas — garante Luís Ribeiro, proprietário do negócio.

A lavanderia oferece diferentes tipos de imunização, que se diferenciam pelo tempo de permanência do produto nas roupas, que pode variar de 30 a 180 dias.

— O P1 imuniza as roupas para apenas uma lavagem. O produto atuará mesmo se o cliente resolver usar a roupa depois de 30 dias guardada no armário. Se a peça for lavada fora da lavanderia, porém, perde cerca de 80% da eficácia. Na imunização P3, é possível lavar a peça fora da lavanderia por três vezes (ou deixá-la guardada por até 60 dias). E, na P30, pode-se lavar a roupa fora da lavanderia por 30 vezes ou guardá-la por 180 dias.

A Fiocruz certificou a eficácia do método contra o Aedes. Já os testes de toxicidade foram feitos por um laboratório de análises privado, que classificou a quantidade de permetrina usada como não irritante.
Tecnologia do Blogger.