José Mayer confessa ter assediado figurinista: 'Errei no que fiz' - Camaçari Aquitem - O seu portal de notícias de Camaçari e RMS

Header Ads

José Mayer confessa ter assediado figurinista: 'Errei no que fiz'


Após a repercussão da denúncia feita pela figurinista Susllem Tonani contra o ator da TV Globo José Mayer, ele decidiu se manifestar em carta aberta ao público e assumir que errou ao 'passar dos limites' com a jovem de 28 anos.

A denúncia de Susllem foi publicada inicialmente no blog 'Agora É Que São Elas', da Folha de S. Paulo, e inspirou o protesto de atrizes e funcionárias da emissora nesta terça-feira (4) contra o assédio sexual às mulheres.

José Mayer havia se pronunciado a respeito do caso na última sexta-feira (31) e negou tudo. “Respeito muito as mulheres, meus companheiros e o meu ambiente de trabalho e peço a todos que não misturem ficção com realidade". Após alguns dias, o ator agora decide abrir o jogo.

Leia abaixo a carta escrita por José Mayer e enviada à Veja:

“Carta aberta aos meus colegas e a todos, mas principalmente aos que agem e pensam como eu agi e pensava:

Eu errei.
Errei no que fiz, no que falei, e no que pensava.
A atitude correta é pedir desculpas. Mas isso só não basta. É preciso um reconhecimento público que faço agora.
Mesmo não tendo tido a intenção de ofender, agredir ou desrespeitar, admito que minhas brincadeiras ultrapassaram os limites do respeito com que devo tratar minhas colegas. Sou responsável pelo que faço.
Tenho amigas, tenho mulher e filha, e asseguro que de forma alguma tenho a intenção de tratar qualquer mulher com desrespeito; não me sinto superior a ninguém, não sou.
Tristemente, sou sim fruto de uma geração que aprendeu, erradamente, que atitudes invasivas e abusivas podem ser disfarçadas de brincadeiras ou piadas. Não podem. Não são.
Aprendi nos últimos dias o que levei 60 anos sem aprender. O mundo mudou. E isso é bom. Eu preciso e quero mudar junto com ele.
Este é o meu exercício. Este é o meu compromisso. Isso é o que eu aprendi.
A única coisa que posso pedir a Susllen, às minhas colegas e a toda a sociedade é o entendimento deste meu movimento de mudança.
Espero que este meu reconhecimento público sirva para alertar a tantas pessoas da mesma geração que eu, aos que pensavam da mesma forma que eu, aos que agiam da mesma forma que eu, que os leve a refletir e os incentive também a mudar.
Eu estou vivendo a dolorosa necessidade desta mudança. Dolorosa, mas necessária.
O que posso assegurar é que o José Mayer, homem, ator, pai, filho, marido, colega que surge hoje é, sem dúvida, muito melhor.

José Mayer”
Tecnologia do Blogger.