Jogo em grupos de WhatsApp desafia estudantes a se cortarem e termina com suicídio - Camaçari Aquitem - O seu portal de notícias de Camaçari

Jogo em grupos de WhatsApp desafia estudantes a se cortarem e termina com suicídio


Uma investigação está deixando a população de João Pessoa assustada. A investigação aponta que o “desafio da Baleia Azul”, uma brincadeira que surgiu entre estudantes e jovens da cidade nordestina, estimula automutilações e até o suicídio.

As investigações indicam que alunos de uma escola da zona sul da capital que participaram do grupo e realizaram as “tarefas” de automutilação.

“Uma aluna minha recebeu o convite [para o grupo], mas por ser mais madura, viu que não era uma coisa boa e saiu rapidamente. Ela me contou isso na terça-feira (11). As denúncias já haviam chegado desde o domingo (9), porém com informações difusas, mas foi confirmado e nosso setor de inteligência está apurando. Caso se confirmem as práticas, o caso vai ser encaminhado para a Polícia Civil ou para o Conselho Tutelar”, disse o o coordenador do Centro Integrado de Operações Policiais da Paraíba (Ciop), coronel Arnaldo Sobrinho, que também é professor de uma faculdade.

O jogo, que seria russo, possui 50 desafios e o último é tirar a própria vida. Segundo o policial militar, instigar uma pessoa ao suicídio é crime, passível de pena de dois a seis anos de prisão. “Se o comportamento da outra pessoa incentiva o suicídio, é crime previsto no Código Penal”.



Tecnologia do Blogger.