Encontrada morta em carro, mulher planejava fugir com o amante - Camaçari Aquitem - O seu portal de notícias de Camaçari e RMS

Header Ads

Encontrada morta em carro, mulher planejava fugir com o amante


Encontrada morta dentro do porta-malas do próprio carro em Peruíbe, no litoral de São Paulo, na última quarta-feira (29), Maria Luzianira Lima Pereira, de 47 anos, havia trocado mensagens com um homem antes de morrer. O histórico de conversas foi enviado para a Polícia Civil e vai ser usado nas investigações. De acordo com o advogado do marido da vítima, ela estava mantendo um relacionamento com um músico da cidade e planejava fugir com ele pouco antes de morrer. 

Trechos do histórico de conversas foram divulgados pelo portal G1 São Paulo. Em uma das mensagens, enviada no dia 6 de março deste ano, Maria Luzianira fala sobre o último encontro com o homem. "Amor, gostaria de te pedir desculpas se eu não consegui atingir suas expectativas". Minutos depois o homem responde usando apenas a palavra "delícia".

De acordo com o advogado da vítima, Enio Pestana Junior, o marido de Luzianira, Carlenio Pereira, revelou em depoimento que descobriu a traição da esposa e que o músico é um amigo do casal. Ele contou ainda que chegou a brigar com ela, mas negou qualquer tipo de agressão física durante a discussão. Foi o próprio Carlenio que comunicou o desaparecimento da esposa. Ele também negou qualquer envolvimento na morte.  

“Eles, inclusive, segundo Carlenio, tiveram uma noite de amor horas antes do desaparecimento da mulher. Mas, ainda assim, ela pensava em fugir com o amante. Ela estava iludida, achava que ele era o príncipe encantado. De acordo com os depoimentos, conclui-se que ela fugiu na terça-feira e teria passado a noite com o amante. Somente às 14h do dia seguinte, o corpo foi encontrado com óbito recente.”, diz o advogado.

Maria Luzianira trabalhava como merendeira na Escola Estadual Porta da Juréia. O carro foi localizado em uma estrada na área rural da cidade. "Infelizmente, é uma história intrigante que, segundo consta nos autos, indicam o envolvimento de muitas pessoas, mas confio no trabalho da polícia e o caso deve ser solucionado rapidamente”, conclui o advogado.
Tecnologia do Blogger.