Dona de bar é assassinada com vários golpes de botijão de gás - Camaçari Aquitem - O seu portal de notícias de Camaçari

Dona de bar é assassinada com vários golpes de botijão de gás


Dona de bar foi morta dentro de casa em Teixeira de Freitas.
Uma mulher de 52 anos, que era dona de um bar em Teixeira de Freitas, na região sul da Bahia, foi encontrada morta dentro da casa onde morava na cidade. Segundo informações da Polícia Militar, a vítima teria sido assassinada a golpes de botijão de gás. Ainda não há informações sobre a autoria e motivação do homicídio.
Raimunda Alves de Souza foi achada morta em um quarto da casa, localizada na Rua Pedro Alves dos Santos, no bairro Castelinho, na manhã de domingo (16). A PM não soube informar se a vítima morava sozinha. Conforme a PM, vizinhos desconfiaram que algo estava errado porque o bar, que fica no mesmo imóvel, ficou fechado por dois dias. Os moradores, segundo a PM, sentiram falta de Raimunda e decidiram chamar a polícia. Não se sabe quando de fato o crime ocorreu.
No interior do imóvel, além do corpo, a polícia encontrou o botijão de gás com marcas de sangue e, por isso, suspeita que o objeto tenha sido utilizado para matar a vítima. O corpo da mulher foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Teixeira de Freitas.
Objetos pessoais da vítima foram revirados

Servidora pública foi assassinada a facadas em Teixeira de Freitas
Outro crime
Também em Teixeira de Freitas, um homem foi preso em flagrante suspeito de matar a ex-mulher a facadas. O crime ocorreu na noite de quinta-feira (13), dentro da casa da vítima, no bairro Liberdade II. A mulher, a servidora pública Aloísia Helena Soares Borges, tinha 42 anos. Ela foi atingida em várias partes do corpo e morreu no local. O corpo foi enterrado no sábado. O suspeito, segundo a polícia, é Edson de Jesus. O homem, no entanto, negou o crime. Apesar de separados, os dois viviam na mesma residência.
Familiares de Helena apresentaram na delegacia da cidade uma bermuda de Edson, manchada de sangue. A vestimenta, que estaria sendo usada por ele no momento em que cometeu o crime, foi encontrada pelos parentes da vítima no forro da casa o assassinato ocorreu, segundo a polícia.
À polícia, Edson relatou que a bermuda é realmente dele, mas afirmou que não sabe como a peça de roupa foi parar no forro da casa e nem porque estava suja de sangue. A polícia não soube informar porque Helena e Edson haviam se separado e investiga as circunstâncias e a motivação do crime contra a mulher.
Edson de Jesus, de 52 anos, foi preso em flagrante e permanece na delegacia de Teixeira de Freitas 
Fonte: G1
Tecnologia do Blogger.