Banco oferece cofre para proteger queijo de roubos da máfia italiana - Camaçari Aquitem | O seu portal de notícias de Camaçari

Banco oferece cofre para proteger queijo de roubos da máfia italiana


Imagens da polícia italiana registram mais uma ação audaciosa da máfia. Um crime que está se tornando cada vez mais comum na Itália, o roubo de queijo. Por que os criminosos estão atrás justamente de queijo? Na Emilia Romagna, Itália Central, região mais rica do que a Suíça, existe um queijo que vale ouro.

É o Parmigiano Reggiano, conhecido no Brasil como parmesão. Ele foi inventado lá, nos monastérios da Idade Média. Essa rergião produz 3,4 milhões queijos parmesão por ano, um mercado de 2 bilhões de euros (mais de R$ 6,5 bilhões). Por causa do valor, é o queijo mais imitado e falsificado no mundo e, agora, também roubado.

Um parmesão inteiro custa 350 euros (quase R$ 1.200) e é mais roubado do que barras de ouro. Para fugir dos ladrões, um banco, em Reggio Emilia, oferece um serviço inusitado para os clientes: um cofre muito especial para guardar queijo! A reportagem do Fantástico foi conhecer a imensa caixa-forte, onde impressiona a enorme quantidade de queijo guardada por lá.

Tecnologia do Blogger.