Pedreiro é morto a tiros após discussão por faltar ao trabalho em Mata de São João - Camaçari Aquitem - O seu portal de notícias de Camaçari e RMS

Header Ads

Pedreiro é morto a tiros após discussão por faltar ao trabalho em Mata de São João


O pedreiro Gilson Ramos Oliveira, de 39 anos, foi morto a tiros após um desentendimento com o homem que o contratou para um serviço em Amado Bahia, distrito de Mata de São João, nesta segunda-feira (20). Segundo informações, a briga foi motivada por ele ter faltado alguns dias ao trabalho. O suspeito de efetuar os disparos, um jovem de 18 anos, está foragido.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), o crime aconteceu na Rua do Cotovelo. Na casa do suposto atirador, foram encontrados 10 aparelhos celulares e munições intactas de calibre 9mm, 45mm  e 357mm, de uso restrito as forças armadas. As munições estavam escondidas em um saco de ração.
Tecnologia do Blogger.