Mulher quer apresentar a seu filho o americano que recebeu transplante do rosto do pai - Camaçari Aquitem - O seu portal de notícias de Camaçari e RMS

Header Ads

Mulher quer apresentar a seu filho o americano que recebeu transplante do rosto do pai


A história de Andy Sandness, de 31 anos, o americano que recebeu um transplante de rosto e virou destaque na imprensa internacional, vai em breve ganhar um novo capítulo emocionante, quando ele conhecer pessoalmente a família de seu doador.

A também americana Lillian Ross é viúva de Rudy, o homem que teve o rosto transplantado para Andy depois de morrer. Ela agora quer levar do o filho para conhecer o paciente que seu pai tanto ajudou após a morte.

Ao jornal "Daily Mail", Lillian deu uma entrevista tocante na qual contou que teve que autorizar a doação dos órgãos do marido quando estava grávida de oito meses do primeiro e único filho casal. Ela diz que pretende apresentar para a criança todas as pessoas que receberam os órgãos do pai dele, incluindo Andy, com quem já mantém contato.

"Eu quero mostrar para ele (o filho), mais pra frente, todas as pessoas que o pai dele salvou", disse Lillian.

A americana se casou com Rudy, em 2015. No ano seguite, quando eles esperavam o primeiro filho, o homem, que sofria de depressão, tentou se matar com um tiro.

Agonizando, ele foi levado para um hospital da região, onde morreu, no dia 7 de junho. Foi quando mesmo em choque, Lillian autorizou os médicos a doarem os órgão do companheiro, um pedido que ela já havia feito a ela anteriomente.


"Ele (Rudy) já tinha tomado a decisão dele (de ser um doador de órgãos quando morresse)", disse a viúva, cujo marido também doou córneas, fígado e rins.

Ela conta que está em contato com as pessoas que receberam esses órgãos.

"Estou em contato com o receptor do fígado, sou amiga do destinatário do coração no Facebook. Há um cara que tem um rim e um pâncreas, ainda não temos informações sobre ele, outra senhora tem um rim", disse.

O rosto de Rudy acabou sendo dado para Andy Sandness. No mês passado, ele se olhou no espelho pela primeira vez após ter feito o transplante no ano passado. O paciente diz que Rudy vai continar vivo através dele.

"Ele vai continuar a amar os cães, a pescar e a caçar, através de mim", diz ele, que se recupera em um hospital e já fala com Lillian.
Tecnologia do Blogger.