Luan Santana é acusado de irregularidade com a Lei Rouanet e pode ter que devolver R$ 4 milhões - Camaçari Aquitem - O seu portal de notícias de Camaçari

Luan Santana é acusado de irregularidade com a Lei Rouanet e pode ter que devolver R$ 4 milhões


Depois de Claudia Leitte, os responsáveis legais de Luan Santana foram solicitados, na última terça-feira (14), a darem explicações à CPI da Lei Rouanet em nome da organização do artista, LS Produções. O cantor deverá prestar contas sobre uma quantia acima de R$ 4 milhões que recebeu para um projeto que não saiu o papel.

Em 2014, o Ministério da Cultural (MinC) autorizou a liberação de uma verba de R$ 4.143.325 para a realização do projeto Luan Santana – Turnê: Nosso Tempo é Hoje – Parte II. O valor inicial solicitado pela produtora foi de R$ 4.650.625, mas o plano foi arquivado pela produtora.

Por isso, o MinC informou que as contas terão que ser prestadas. A assessoria do cantor ainda não se pronunciou sobre o caso.
Tecnologia do Blogger.