Inveja pela beleza pode ter motivado garota a mandar jogar óleo quente na mulher do primo - Camaçari Aquitem - O seu portal de notícias de Camaçari

Inveja pela beleza pode ter motivado garota a mandar jogar óleo quente na mulher do primo

ads

O crime que chocou os moradores de Ilha de Maré, na capital baiana, pode ter sido motivado por inveja e ciúme. Isso é o que afirmam a mãe e o companheiro de Elen Macedo Barcelar, de 18 anos, queimada com óleo quente a mando da prima do marido da vítima.

— Ela (mandante) tem inveja de Elen, o jeito dela se vestir, ela é bonita, um bocado de gente lá tem inveja dela.

De acordo com Ualasse Carlos Lopes, as duas eram amigas, mas como começaram a inventar uma história de que ele já teve um relacionamento com a tia, vítima e mandante se afastaram e começaram a se desentender. Na quarta-feira (22), as duas se encontraram na rua e entraram em luta corporal.

A mãe da vítima disse que, no dia seguinte a briga, foi à casa de Leani pedi perdão à família pela confusão com a filha, mas, no mesmo dia, a adolescente de 16 anos, sobrinha da mandante, foi até à casa de Elen, a chamou na porta e jogou o óleo fervente na jovem.

A vítima foi atingida no rosto, troco, costas e parte da perna. Ela teve o couro cabeludo atingido e perdeu parte do cabelo. A mãe da jovem reafirma a suspeita de inveja e diz que o fato de terem jogado o óleo quente no rosto da filha comprova essa hipótese.

Elen continua internada na ala de queimados do HGE (Hospital Geral do Estado). A mãe pede ajuda para conseguir um advogado, para que a adolescente e a tia paguem pelo que fizeram e apela também para que a filha consiga as cirurgias plásticas para reconstruir o rosto e corpo e voltar a ser a jovem bonita e feliz. 
Tecnologia do Blogger.