Corpo de esposa de policial militar morta em assalto em Camaçari é sepultado - Camaçari Aquitem - O seu portal de notícias de Camaçari

Corpo de esposa de policial militar morta em assalto em Camaçari é sepultado

Anuncie aqui 71 993179391

O corpo de Flávia Antunes, 34 anos, foi sepultado na tarde desta quinta-feira (9), no cemitério Bosque da Paz. Ela era casada com o soldado da Policia Militar Cléber Fernando Santos, 32, e morreu durante uma tentativa de assalto em Vila de Abrantes, na quarta-feira (8). O criminoso já foi identificado, mas ainda está sendo procurado. 

Familiares e amigos do casal lotaram a capela 01 do cemitério Bosque da Paz, na tarde desta quinta, para se despedir de Flávia. A todo instante, mais e mais pessoas chegavam e procuravam pela família da moça, até formarem um grupo com cerca de 400 pessoas. Durante a cerimônia houve muitos abraços apertados e lágrimas.

Policiais militares e civis de diversas unidades marcaram presença e o estacionamento do cemitério ficou lotado. Na entrada principal, havia seis viaturas padronizadas estacionadas da 15ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Itapuã), onde Cléber trabalha, da 17ª CIPM (Uruguai), da Base Comunitária de Segurança do Bairro da Paz e do grupamento Gêmeos de Combate a Roubos em Coletivos, além de outras viaturas não padronizadas. 

Segundo alguns amigos de Flávia, ela trabalhava na área administrativa da Ambev. Um ônibus saiu de Camaçari pela manhã levando funcionários e colegas da moça para o sepultamento. Alguns deles estavam fardados porque saíram do trabalho direto para a cerimônia. "Ela era uma excelente pessoa. Tudo isso é muito triste", afirmou uma colega de Flávia.


Outro ônibus, maior, levou moradores de Salvador até o cemitério. A quantidade de pessoas e a movimentação atraiu a atenção de algumas pessoas que participavam de outros sepultamentos. Uma senhora que estava na Capela 04 ficou impressionada com a movimentação. "Está bastante cheio, né? Ela devia ser muito querida", disse.

Apesar da quantidade de pessoas, era possível ouvir apenas sussurros entre os presentes. O momento mais emocionante foi a saída do cortejo fúnebre. Em silêncio, o grupo seguiu até o local do sepultamento onde o corpo de Flávia foi deixado sob aplausos, por volta das 15h30. Emocionada, a família não quis falar com a imprensa.

Tecnologia do Blogger.