Controladora do Polo de Camaçari, Braskem é condenada a pagar cerca de R$ 1 bilhão por corrupção - Camaçari Aquitem - O seu portal de notícias de Camaçari

Controladora do Polo de Camaçari, Braskem é condenada a pagar cerca de R$ 1 bilhão por corrupção

Anuncie aqui 71 993179391

O juiz norte-americano John D. Bates ordenou a Braskem a pagar US$ 325 milhões, ou cerca de R$ 1 bilhão, como resultado do acordo de colaboração firmado pelo grupo com os EUA. A empresa é o braço petroquímico da construtora Odebrecht.

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, o pagamento deve ocorrer em duas etapas: US$ 65 milhões, ou R$ 195 milhões ao câmbio desta quarta-feira (1°), em um prazo de 60 dias, e os outros US$ 260 milhões, ou cerca de R$ 780 milhões, até 28 de janeiro do ano que vem.

Com a decisão, o juiz acolheu e deu validade a todos os termos do acordo assinado entre Braskem, Departamento de Justiça e SEC, espécie de xerife do mercado de ações dos EUA.

O pacto, firmado em dezembro passado, foi um desdobramento da Operação Lava Jato. A Braskem admitiu ter cometido vários crimes, como pagamentos de pelo menos US$ 250 milhões em propina a funcionários e autoridades brasileiros cujos nomes são mantidos em sigilo.

Os EUA foram chamados pelo Brasil a se engajar no acordo porque a Braskem opera na bolsa de valores norte-americana.
Tecnologia do Blogger.