Compositor assassinado largou pagode por música gospel. Sua última composição pede que “Deus derrote seus inimigos” - Camaçari Aquitem - O seu portal de notícias de Camaçari

Compositor assassinado largou pagode por música gospel. Sua última composição pede que “Deus derrote seus inimigos”

ads

A morte do músico Felipe Yves foi um trágico acontecimento. Jovem, aos 21 anos, já tinha feito letras para Igor Kannário (“Depois de nós, é nós de novo”), Léo Santana (“Bumbum Paredão”) e EdCity (“Paz na Favela”). O jovem foi encontrado decapitado na tarde da última segunda-feira (6/3), na Boca da Mata.

Há cinco meses, Yves havia abandonado sua última banda de pagode e iria entrar numa banda gospel. Ele queria ser cantor evangélico. Uma de suas últimas composições pede que “Deus seja seu amigo para derrotar os inimigos”. Uma das versões de sua morte dão conta que morreu por conta de rixa com o tráfico de drogas — o que os familiares rejeitam, pelo fato do jovem não ter passagem pela polícia.

“Ele era casado. Tava na Igreja. Não se envolvia com nada. Pode puxar o histórico dele”, diz um dos primos de Yves. Outro parente conta que no domingo o jovem saiu para jogar bola e até pediu uma bermuda emprestada. E nunca mais voltou.
Tecnologia do Blogger.