A Prefeitura de Camaçari facilitou ainda mais a vida do contribuinte disposto a pagar a cota única do IPTU 2017 - Camaçari Aquitem - O seu portal de notícias de Camaçari

A Prefeitura de Camaçari facilitou ainda mais a vida do contribuinte disposto a pagar a cota única do IPTU 2017


A Prefeitura de Camaçari facilitou ainda mais a vida do contribuinte disposto a pagar a cota única do IPTU 2017 com desconto de 10%. A Secretaria da Fazenda (Sefaz) prorrogou até o dia 10 de abril o pagamento da cota única do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) com o desconto.
Para aderir ao benefício os interessados precisam preencher, até o dia 31 de março, requerimento solicitando a prorrogação. O formulário pode ser preenchido no próprio site da Sefaz, via online, dispensando a presença do contribuinte presencialmente na secretaria. É só clicar sobre o banner da prorrogação nos sites da Prefeitura ou da Sefaz que o contribuinte é direcionado ao formulário.
Depois de preencher o documento com os dados requeridos, deve-se imprimir e aguardar a resposta do atendimento. O processo será finalizado na Sefaz e, num prazo de dois dias úteis, os técnicos da secretaria estarão encaminhando ao e-mail informado pelo contribuinte, informação sobre o deferimento ou Indeferimento do pedido. Em anexo, seguirá também o boleto de pagamento.

Entenda como é utilizado seu IPTU 
A Constituição Federal determina o destino obrigatório de uma parte dos impostos pagos pelos cidadãos às prefeituras, entre eles o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), que destina 25% de seu valor total para a Educação e 15% para a Saúde. Esses investimentos são fundamentais para manter a qualidade dos serviços públicos prestados ao cidadão.
Em Camaçari, o prefeito Antonio Elinaldo optou por investir uma porcentagem maior do que o mínimo exigido para a Saúde, que passou de 15% - como está determinado na LOA aprovada no final do ano passado – para 19%, um acréscimo de 4%.
Depois da destinação obrigatória para a Saúde e Educação, o restante da verba arrecadada com impostos não tem destino específico, podendo ser utilizado para diversos serviços, como asfaltamento de ruas, recuperação de calçadas, reforma de escolas, limpeza urbana, melhorias no trânsito, entre outros.
O secretário da Fazenda, Renato Almeida, explica que a verba do IPTU se transforma em serviços para a população. “O IPTU, assim como qualquer outro tributo, serve para cobrir as despesas do município com obras e manutenção de programas municipais, salários de servidores, principalmente melhoria da qualidade da educação e da saúde do município”, afirma. (Ascom)
Tecnologia do Blogger.