Policial é preso após reagir a assalto na Barra - Camaçari Aquitem | O seu portal de notícias de Camaçari

Policial é preso após reagir a assalto na Barra

Anuncio

O secretário da Segurança Pública (SSP), Maurício Teles Barbosa, determinou a apuração do disparo de arma de fogo que culminou na morte do assaltante Luiz Alberto Pinheiro dos Santos, que já somava várias passagens pela polícia. O PM estava lotado para trabalhar no Circuito Dodô, mas já tinha deixado o plantão no momento da ocorrência.

A ação ocorreu nas proximidades do Camarote Pier 345, no circuito Barra-Ondina, na madrugada deste domingo (25). 

Conforme as informações do órgão, o sargento da Polícia Militar, José Eduardo Neves Rodrigues, foi preso em flagrante por agentes da Companhia Independente da PM/Polo, acusado de ser o autor dos tiros. Encaminhado a um posto da Polícia Civil, ele alegou agir em legítima defesa e teve a pistola apreendida para perícia.

Segundo o secretário, a legitima defesa não exclui a infração disciplinar por estar armado em meio a uma multidão. "Independentemente ou não de legítima defesa, o caso vai ser apurado e ele, possivelmente, condenado”, considerou. Quanto ao fato do bandido ser estimulado a roubar apoiado na certeza de que ninguém vai estar armado, o secretário não se pronunciou.

O sargento está preso no Batalhão de Choque, em Lauro de Freitas, à disposição da Justiça. O policial pode ser preso e corre o risco de ser afastado e perder toda sua carreira construída com mérito a serviço da sociedade. O criminoso provavelmente seria ouvido e liberado caso fosse detido, da mesma forma como ocorreu nos outros crimes que já cometeu.
Tecnologia do Blogger.