Para escapar da morte, mestre-sala da Salgueiro foi obrigado a sambar durante tentativa de assalto - Camaçari Aquitem | O seu portal de notícias de Camaçari

Para escapar da morte, mestre-sala da Salgueiro foi obrigado a sambar durante tentativa de assalto

Anuncio

O mestre-sala da escola de samba do Salgueiro passou por um susto na zona norte do Rio de Janeiro. Na noite do último sábado (25), o homem, identificado apenas como Sidclei, foi abordado por dois bandidos armados, que tentaram roubar o seu carro.

Sidiclei afirmou que era do Salgueiro e os assaltantes entenderam que ele fosse do Morro do Salgueiro, comunidade em que a facção rival da dos bandidos fica.

O sambista contou que explicou que era mestre-sala, mas os homens não acreditaram. “Apontaram a arma para minha cabeça. Eu tive que dançar para eles acreditarem que eu não era do morro, mas da escola de samba”, disse.

Os bandidos conseguiram levar o carro, mas o seguro recuperou no último domingo (27).
Tecnologia do Blogger.