IML no Espírito Santo fica superlotado e corpos são colocados no chão - Camaçari Aquitem | O seu portal de notícias de Camaçari

IML no Espírito Santo fica superlotado e corpos são colocados no chão

Anuncio

O Departamento Médico Legal (DML) de Vitória ficou superlotado, após a capital ter registrado 62 mortes violentas desde o início dos protestos de familiares de policiais militares. De acordo com o presidente da Associação dos Investigadores da Polícia Civil do Espírito Santo (Assinpol), Junior Fialho, na tarde desta segunda-feira (6), havia 12 corpos nas geladeiras e 16 no chão. O local só tem 12 geladeiras em funcionamento.

Fialho explicou que o ideal seria a Secretaria de Segurança Pública providenciar um caminhão frigorífico para acomodar os corpos. A SSP, até o momento, não se manifestou. "Antes disso tudo acontecer, várias geladeiras já estavam quebradas. Na tarde desta segunda temos 12 corpos nas geladeiras restantes e 16 no chão, pois não há lugar para elas. Não temos a mínima condição de higiene", desabafou.

Outra preocupação do presidente da Assinpol é com os corpos que ficarem sem reconhecimento. "Sabemos que tem corpos aqui que familiares não vão aparecer para reconhecer. O que vamos fazer com eles? Não tem lugar para colocar", explicou.

De acordo com a associação, no último sábado (4), foram registradas quatro mortes na Grande Vitória e quatro no interior do estado. Já no domingo (5), mais 13 morreram na Grande Vitória e quatro no interior. O maior número de mortes ocorreu nesta segunda-feira, quando foram registrados 37 homicídios em todo o Espírito Santo.
Tecnologia do Blogger.