Dois espancamentos graves foram registrados no Carnaval, diz secretário de Saúde - Camaçari Aquitem | O seu portal de notícias de Camaçari

Dois espancamentos graves foram registrados no Carnaval, diz secretário de Saúde

Anuncio

O secretário municipal de Saúde, José Antônio Rodrigues Alves, foi entrevistado por José Eduardo, na Rádio Metrópole, na manhã desta sexta-feira (24), e destacou a capacidade de atendimento nos postos de saúde instalados pela Prefeitura nos circuitos do Carnaval.

De acordo com o secretário, desde o início da folia, três casos graves receberam suporte. "Foi uma gestante na Piedade, não chegou a parir no módulo, a gente conseguiu encaminhar para uma unidade hospitalar, tivemos também um assalto, um espancamento de grande porte próximo ao Shopping Barra em que o folião foi encontrado em estado comatoso, socorremos e encaminhamos para UPA de Brotas e um folião pipoca de 22 anos que foi espancado na altura da montanha, foi atendido no posto de saúde da montanha. Teve fratura mandibular, perda de dentes, que foram colocados no local, a fratura foi cuidada no posto e ele teve laceração em amígdalas. Ele recebeu atendimento e alta lá no posto mesmo. Isso mostra nossa capacidade de atendimento", afirmou.

Apesar do nível de gravidade das situações relatadas, o secretário disse que houve redução na violência, em relação ao Carnaval do último ano. "A gente tá começando até muito calmo. No Carnaval considerando quarta-feira até hoje 5h a gente tem uma queda de 30%, é uma queda significativa. Tivemos no último ano 538 atendimentos e temos esse ano 374 atendimentos. A notícia positiva, mais importante, o que lidera essa queda é a agressão física. Tivemos 42% menos caso de agressão. Ano passado tinhamos tido quase 70 casos de agressão física no segundo dia do carnaval, e esse ano tivemos 40 casos. Agressão por arma branca também tivemos uma queda de 44%. Foram apenas duas agressões por faca, vamos esperar que continue com queda durante o carnaval", concluiu.
Tecnologia do Blogger.